Pesquisar neste blogue

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Serei só eu?

Com o passar do tempo e com a idade tenho perdido certezas.


Aquelas verdades absolutas que em tempos arranjei à minha vontade foram-se desvanecendo e hoje não as consigo já encontrar. Aquelas coisas em relação às quais eu tinha certeza (que nunca foram muitas, bem entendido), deixaram de existir. Há muito pouca (senão nenhuma) coisa que eu possa afirmar veemente que não farei, por exemplo. Eu sei lá ao que chego? Eu já mudei tanto e tenho tantas alterações de humor, pensamento em tão curto espaço de tempo que já me deixei de pré-conceitos. Não vale a pena, só nos limita. Afinal, acho que, no fundo, o tempo e a idade me trouxeram alguma sabedoria e sensatez para perceber que nem sempre o que imaginamos é possível, o que queremos existe e que muitas vezes não estamos a ver o panorama todo, que as circunstâncias podem condicionar em muito as nossas acções e que há coisas que não podemos evitar.

2 comentários:

  1. Acho que isso nos acontece a todos, à medida que envelhecemos. Ganhamos mais sabedoria, é certo, mas as certezas vão-se desvanecendo. Vejo muita gente de 30 e tal anos e até 40 a queixar-se do mesmo.
    Beijinhos,
    Cherry
    Blog: Life of Cherry

    ResponderEliminar
  2. Acho que é normal. Tenho 25 anos e por vezes acontece. As verdades absolutas desvanecem e as dúvidas e possibilidades aumentam.

    ResponderEliminar

Muito obrigada pelas tuas palavras!